"Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens" (Mateus 5:13).



Por uma modesta estimativa, mais de um quarto de toda a
população americana professou uma experiência cristã de
conversão. William Iverson, faz uma observação: "Um quilo de
carne seria, seguramente, afetado por um quarto de quilo de
sal. Se este é o símbolo de um cristianismo real -- o sal da
terra -- onde está o efeito do qual Jesus falou?"

Sim, nós, filhos de Deus, temos o compromisso de transformar
o mundo em que vivemos. Fomos chamados e enviados para fazer
a diferença em todos os ambientes. Nossa presença precisa
iluminar cada centímetro pisado por nossos pés.

Os caminhos pedregosos por onde passamos devem se tornar
planos; os lugares áridos devem dar lugar a belos jardins; o
Senhor deve brilhar em todas as situações em que estejamos
envolvidos.

Somos "o sal da terra" e a nossa tarefa é evitar a corrupção
moral, carnal e espiritual. Estamos no mundo para que a
pureza seja conservada, a santidade preservada, a esperança
guardada, intacta, em todos os corações. Somos sal para
temperar os dias que vão passando, para dar sabor aos sonhos
que vão se realizando, para manter vivo o amor que, às
vezes, vai sendo esquecido.

A vida, sem esse sal, seria insípida, desagradável, sem
brilho e sem cor. Seria um ninho sem pássaros, seria um vaso
sem plantas, um horizonte sem pôr do sol.

Mas, onde estão os cristãos? Onde estão aqueles que deveriam
estar de vestes brancas como a neve? Onde estão os
embaixadores dos Céus? Onde estão os salvos?

Onde está o sal?




Sua Opinião:

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita!!! Comente sobre o Assunto...