O pastor e deputado Marco Feliciano foi uns dos principais pregadores do 31º Congresso Internacional de Missões, Feliciano disse que "o único pecado de Jesus foi ter falado a verdade" e emendou que, como pastor e deputado, nunca se calará.
"A verdade deve ser dita. Podem cassar um deputado, mas não um pastor. Mesmo que levem ele para a cadeia, ele pregará lá dentro",
Durante o culto, assistido por 40.000 pessoas e por aglomerados de gente em três telões do lado de fora, Feliciano citou Judas entre críticas à imprensa. Ele disse que os jornais "desenharam a figura de um monstro" ao referirem-se a ele, e que continua firme "por causa das orações" e pela sua "luta pela família".
"Tem jornalista que pergunta como eu aguento a pressão. Eu digo: meu filho, eu sou pentecostal. Quanto mais grito, melhor. Quanto mais fuzuê, melhor para mim."





Sua Opinião:

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita!!! Comente sobre o Assunto...